Motorista de aplicativo suspeito de estuprar passageira que dormiu no veículo é preso pela polícia em Fortaleza


Crime aconteceu em novembro de 2019. A vítima acordou ainda no veículo enquanto era violentada pelo motorista. Motorista de aplicativo é preso suspeito de cometer estupro contra passageira, em Caucaia, no Ceará.
Divulgação/SSPDS
Um motorista de aplicativo suspeito de estuprar uma passageira de 22 anos foi preso pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), no Bairro Maraponga, em Fortaleza. A captura do homem aconteceu na quarta-feira (15), por conta do cumprimento de um mandado de prisão.
Conforme informações divulgadas pela Polícia Civil nesta quinta-feira (16), o crime aconteceu em novembro do ano passado, na Praia do Cumbuco, em Caucaia, Grande Fortaleza. A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Caucaia, responsável por investigar o fato, representou pela prisão do suspeito.
De acordo com a polícia, a mulher relatou em um Boletim de Ocorrência registrado no 34º Distrito Policial que havia ido a um casamento em uma barraca de praia situada em Cumbuco e, após a festa, solicitou os serviços de um motorista de aplicativo para deixá-la em casa.
Durante o trajeto, a vítima dormiu e despertou com dores, de bruços, com o motorista em cima dela, no banco do passageiro. Por meio do laudo de exame de corpo de delito realizado na Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), as lesões ficaram comprovadas.
O homem de 27 anos foi conduzido para a DDM de Caucaia, onde irá responder por estupro de vulnerável. O crime, com pena prevista de reclusão de 8 a 15 anos, consiste em ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos ou, como no caso da passageira, praticar o crime sem que a vítima possa oferecer resistência para o ato.

By Samanta Abdala

Veja Também!