Engenheiro de controle e automação é fundamental no combate à pandemia nas empresas


A necessidade de manter o distanciamento social faz organizações buscarem a automação como alternativa para garantir a segurança dos funcionários. A matriz curricular da graduação da Unifor integra competências nas áreas de elétrica e eletrônica, mecânica e computação.
Ares Soares
A pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19) tornou urgente o processo de automação em empresas e indústrias. Segundo matéria recentemente divulgada no Portal Uol, a medida visa minimizar ao máximo o contato entre humanos e evitar a disseminação rápida da Covid-19. O profissional formado em Engenharia de Controle e Automação é quem planeja, opera e realiza manutenção de equipamentos utilizados nos processos automatizados de indústrias em geral.
A implementação do uso de robôs permanecerá acelerada, aumentando a necessidade de profissionais qualificados na área da automação. Método que visa facilitar o trabalho ao executar tarefas de maneira automática, podendo ser aplicada em diferentes aspectos de negócios, seja comercial, industrial ou empresarial.
O novo cenário traz como tendência não apenas a robótica, mas também a análise de dados e a Internet das Coisas, o que justifica, segundo a coordenadora do curso de Engenharia de Controle e Automação, da Universidade de Fortaleza, da Fundação Edson Queiroz, Lúcia Barbosa, a necessidade dos profissionais estarem atentos aos conhecimentos tecnológicos.
“O nível de automação nesse novo paradigma é ainda mais alto e integra as mais novas tecnologias do momento: simulação, impressão 3D, análise de dados e Big Data. Na Universidade de Fortaleza, oferecemos uma formação voltada para área industrial, mas que se insere de forma consistente nos domínios da computação, o que faz o profissional formado pela Unifor ter grandes oportunidades de se inserir nessa ‘grande onda’ de inovações que surgem”, diz Lúcia.
De acordo com Lúcia, o cenário atual torna ainda mais importante a automação em diversos setores, “essa medida pode minimizar a exposição de pessoas a riscos biológicos. Certamente, veremos oportunidades surgindo, o engenheiro de Controle e Automação em formação ou formado pela Universidade de Fortaleza está, seguramente, preparado para aproveitá-las”.
A matriz curricular da graduação da Unifor integra competências nas áreas de elétrica e eletrônica, mecânica e computação. Oferecendo para o mercado de trabalho profissionais múltiplos em suas áreas de atuação. “O perfil profissional dos egressos da Unifor mostra como a área é diversa, eles estão atuando, além da automação industrial, na área na mecânica, na área de manutenção industrial, e também na parte elétrica. Isso é o resultado de disciplinas integradas com as outras engenharias, mas também da grande carga horária prática oferecida pelo curso, onde o aluno tem a possibilidade de utilizar software e elaborar projetos diversos”, destaca Lúcia.
Também há oportunidades para quem quer empreender. “A Unifor oferece aos alunos de Engenharia de Controle e Automação conhecimentos em administração, empreendedorismo enquanto muitas atividades curriculares e extracurriculares desenvolvem a capacidade criativa. Temos as oportunidades porque o movimento atual é de uma nova onda de automação. Veja, por exemplo, no Brasil, a automação se encontra em diferentes patamares. Temos indústrias com alto grau de automação e temos indústrias com pouca, ou nenhuma, automação. Portanto, há muito trabalho a ser feito nessa área. Há ainda oportunidades de se explorar os novos nichos que estão surgindo, como: uso de drones e robôs para inspeção, para segurança, para logística”.
A experiência de quem está no mercado
Felipe Bedê
Divulgação
A vivência profissional de Felipe Bedê, egresso do curso de Engenharia de Controle e Automação da Unifor, demonstra como a atuação profissional na área é vasta e não se restringe a empresas e indústrias.
Desde a infância Felipe gostava de criar coisas novas como forma de desenvolver seu processo criativo de forma não convencional. “Escolhi Engenharia de Controle e Automação na Unifor por ser um curso e uma universidade inovadores e sem estar ligada ao convencional”, diz.
O profissional atuou como pesquisador de computação vestível para pessoas com deficiências; trabalhou com realidade virtual na Duke University, uma das maiores universidades do mundo; e participou de Movimento Empresas Júnior (MEJ) em Portugal, na Junitec, empresa júnior do Instituto Superior Técnico de Lisboa (IST).
Felipe é Product Owner (P.O, Dono do Produto), responsável por direcionar projetos de acordo com a necessidade do cliente. Atualmente, está em uma área criativa, desenvolvendo produtos digitais no SAS Plataforma de Educação, uma das maiores empresas de educação do mundo. O profissional também dá palestras para designers e desenvolvedores sobre temas relacionados à área de tecnologia.
“Essa disparidade de áreas foi muito importante devido a nunca ter tido medo de arriscar e buscar mudanças. E, também, pelo fato do curso ter me dado uma visão mais pulverizada em tecnologias. Tenho muita sorte de hoje ter me encontrado, e por me sentir completo trabalhando com criatividade, com o propósito de ajudar as pessoas, pois acredito que com paixão é possível mudar o mundo”, conta Felipe.
O profissional dá um conselho para quem quer seguir na área. “Não tenha medo de errar, pois erros e fracassos são uma das partes mais importantes em um processo de aprendizado e busca pela excelência. Dessa maneira, não siga um caminho mais ‘seguro’ por causa do medo, siga sempre sua paixão e o que você acredita, mesmo que fracasse e erre diversas vezes. Tenha em mente que se alguma coisa parecer que está errado, mesmo que todos digam que é o caminho certo a se seguir, siga sua intuição e sua paixão que com muita garra e perseverança você será diferenciado”.
Consultoria Técnica
Thiago Linhares
Divulgação
Thiago Linhares, também egresso do curso de Engenharia de Controle e Automação da Unifor, sempre gostou de tecnologia. Foi por causa de um primo, formado na área, que ele decidiu cursar engenharia. “Ele trabalhava com automação, fui me aproximando e tendo cada vez mais interesse. Desde o primeiro ano do ensino médio já sabia qual carreira queria seguir, e sabia que seria na Unifor por ser referência nessa graduação”, conta.
Linhares é consultor técnico, responsável pela automação de uma empresa que presta serviços para indústrias de todo Brasil. “Desde que comecei a prestar consultoria em 2019, já trabalhei com o Grupo Três Corações, onde fizemos a automação da estação de tratamento de esgoto. Também já prestei serviços para a Avon, onde fizemos o retrofit e automação de uma máquina formadora de papelão, bem como tive a oportunidade de trabalhar com outras empresas de destaque são elas: Aeris Energy e a Faculdade Unichristus”, diz.
Fundamental em qualquer carreira, as atividades práticas durante a graduação como estágios, cursos e palestras, são lembradas por Thiago como diferencial importante para quem quer ter destaque na área de Engenharia de Controle e Automação. Durante o curso ele fez parte do projeto “Aluno Nota 10”, que consiste em auxiliar os professores durante as aulas. “O slogan da Unifor nunca fez tanto sentido, de fato, era ensinando e aprendendo porque a gente começa a render mais com a dúvida dos outros alunos”.
Áreas de atuação profissional
O curso de Engenharia de Controle e Automação da Unifor prepara o profissional para projetar, operar e fazer a manutenção de equipamentos utilizados nos processos automatizados de indústrias em geral. Com os conhecimentos adquiridos na graduação o egresso será capaz de atuar em diversas atividades, como setores industriais, comerciais e de serviços e trabalhar com gerenciamento de projetos de automação, programação de máquinas e adaptação de softwares aos processos industriais.
Estude Engenharia de Controle e Automação na Unifor
Para você que quer cursar Engenharia de Controle e Automação, não perca mais tempo e ingresse na Universidade de Fortaleza, eleita por dois anos a melhor universidade particular das regiões norte e nordeste do país, segundo THE Latin America Ranking 2020, editado pela Times Higher Education Latin America (THE), entidade britânica que produz a principal avaliação internacional do segmento de educação.
O curso de Engenharia de Controle e Automação da Unifor dispõe de uma estrutura de excelência, constituída de mais de 25 laboratórios com os melhores equipamentos do mercado. Destaque para o Laboratório de Controladores Lógicos e Programáveis, onde o estudante ter acesso a instrumentação, controladores programáveis, redes industriais e softwares de supervisão de fato utilizado no mercado.
Ingresse em uma das maiores instituições de ensino superior do mundo usando sua nota do ENEM, escolha seu melhor desempenho entre 2010 e 2019, e concorra a uma bolsa exclusiva até o final do curso*.
*exceto Medicina.
Confira as regras em unifor.br.